noticias200 Seja bem vindo ao nosso site Face Tv Brasil!

Brasil

Em 10 anos, o número de mortes de idosos por queda no Brasil quase dobrou

Dr. Marco Aurélio S. Neves fala sobre a importância de mais incentivo para os idosos fortalecerem suas musculaturas.

Publicada em 07/03/24 às 19:57h - 15 visualizações

Bia Bueno


Compartilhe
Compartilhar a noticia Em 10 anos, o número de mortes de idosos por queda no Brasil quase dobrou  Compartilhar a noticia Em 10 anos, o número de mortes de idosos por queda no Brasil quase dobrou  Compartilhar a noticia Em 10 anos, o número de mortes de idosos por queda no Brasil quase dobrou

Link da Notícia:

Em 10 anos, o número de mortes de idosos por queda no Brasil quase dobrou
Em 10 anos, o número de mortes de idosos por queda no Brasil quase dobrou

Dr. Marco Aurélio S. Neves fala sobre a importância de mais incentivo para os idosos fortalecerem suas musculaturas.

De acordo com levantamento do Ministro da Saúde divulgado pela BBC News, a quantidade de idosos que faleceram devido à queda da própria altura em 2022 foi de 9.592, quase o dobro do que foi registrado em 2013 (4.816).

Segundo os dados, todos os dias, 63 idosos procuram atendimento hospitalar devido a acidentes desse tipo, sendo que 19 não resistem, o que aponta para uma aceleração de quedas da própria altura no país.

Sendo considerada a terceira maior causa de mortalidade entre pessoas com mais de 65 anos no Brasil, entre 2013 e 2022, o número total de mortes de idosos foi de 70.516. Especialistas ouvidos pela BBC News apontam que as principais causas para o número alarmante desses acidentes são: a expectativa de vida cada vez maior do brasileiro, menor subnotificação da rede hospitalar e falta de políticas públicas para locomoção da população nessa faixa etária.

O Dr. Marco Aurélio Silvério Neves, ortopedista e traumatologista especializado em cirurgia de quadril e joelho, aponta que o incentivo à mobilidade e a prática de esportes deveria ser maior, já que a prevenção é sempre a melhor solução. "Apesar de os tombos serem frequentes durante a vida, é após os 60 anos que eles podem se tornar mais comuns", complementa. 

De acordo com o Dr. Marco Aurélio, que também é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), com o envelhecimento natural, o corpo humano vai perdendo massa e força muscular, a chamada sarcopenia, daí vem a importância dos exercícios físicos para o fortalecimento dos músculos. "Essa perda de massa muscular faz com que os idosos tenham uma tendência maior de desequilíbrio, o que acaba gerando a maior parte dos acidentes", explica. 

Entretanto, o especialista reforça que não é apenas a perda de massa muscular que gera os acidentes. "Ao mesmo tempo, quem tem mais de 60 anos, possui maior tendência de ter comorbidades, como alterações neurológicas, que podem, por exemplo, gerar uma tontura e uma consequente queda".

Por fim, o cirurgião ortopedista, além de acompanhamento médico para que se possa adiantar o aparecimento de comorbidades e tratar o quanto antes, evitando acidentes de quedas e outros, recomenda que pessoas com mais de 60 anos foquem na realização de atividades como natação, caminhada, alongamento, pilates, entre outros exercícios que podem fortalecer a musculatura. “Mas sempre realizar as atividades indicadas pelo médico”, ressalta Dr. Marco Aurélio.

Sobre Dr. Marco Aurélio S. Neves

Dr Marco Aurélio S. Neves, ortopedista e traumatologista, especializado em próteses de quadril e joelho. Pioneiro no Brasil em técnicas avançadas para realização de cirurgias de prótese de quadril e de joelho.  Conta com especialização em Ortopedia e Traumatologia (2001) e em Cirurgia do Quadril e do Joelho (2002 e 2003), pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC – FMUSP).

O grande diferencial do médico são as bases tecnológicas aplicadas na prótese de joelho, o uso de guias customizadas feitas sob medida para cada paciente, por meio de impressão 3D, aumenta a precisão da cirurgia, otimizando os resultados. E na cirurgia de prótese de quadril, pioneiro na utilização da via anterior é a única que possibilita o método verdadeiramente não invasivo (AMIS), preservando músculos e tendões.

A realidade aumentada e a robótica para diminuir a agressão da cirurgia e permitir uma recuperação mais rápida também já são uma realidade. Um dos pioneiros no Brasil em técnicas avançadas para realização de cirurgias de prótese de quadril e de joelho.

Especializações em centros de referência em cirurgia ortopédica do mundo, entre eles: Presbyterian Hospital Plano (Texas, Estados Unidos, 2004), Hospital Jan Palfij (Gent, Bélgica, 2006), Clinic Dr. Decker (Munique, Alemanha, 2006), The Steadman Clinic (Vail, Estados Unidos, 2009), South West London Orthopaedic Center (Inglaterra, 2013), Le Centre Médico Chirurgical Paris V (Paris, França, 2015).

Para mais informações:
 www.drmarcoaurelio.com.br
Instagram: @drmarcoaurelio.ortopedia
Linkedin: marco-aurelio-silverio-neves



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (14)92000-2327

Visitas: 40738
Usuários Online: 32
Copyright (c) 2024 - Face Tv Brasil
Converse conosco pelo Whatsapp!